Porquê eu amo fotografia

March 25, 2016  •  Leave a Comment

Olá amigos,

Andei um pouco sumida daqui porque estava viajando para um congresso de fotografia onde palestrei na segunda-feira. Minha palestra foi sobre fotografia de bebês no primeiro ano de vida e teve uma prática ao vivo com 3 bebês no palco. Tudo isso foi muito bacana, mas o que realmente mexeu comigo foi a primeira parte da palestra, em que me apresentei e contei um pouco da minha história, personalidade e gostos pessoais, ilustrada por algumas imagens do meu acervo pessoal. Tudo isso para contar porquê eu fotografo e porquê meus clientes valorizam a minha fotografia. E a resposta é o que quero compartilhar com vocês agora, e é tão simples... Eu amo o que a fotografia representa na minha vida porque ela me permite sentir novamente as emoções e sentimentos, reviver os momentos, matar as saudades das pessoas que já foram, eternizar a imagem de rostos que nunca mais veremos, enfim, construir a memória da nossa vida e da vida dos nossos filhos.

A preparação para essa palestra envolveu uma busca por fotografias antigas em caixas de mudança abarrotadas, álbuns e mais álbuns, e HDs lotados. Obviamente demorei muito mais tempo do que imaginava, pois parava para olhar quase todas as fotos, mostrava para os meus filhos e marido, fotografava com o celular para mandar para a minha irmã e sobrinha, ria e chorava como uma tonta... E isso foi só a pontinha do iceberg porque ainda sobraram montanhas de fotos para olhar, organizar, digitalizar e imprimir. Sim, imprimir! Porque tive a constatação de uma certeza que já me perseguia há algum tempo: minhas filhas mais novas ficavam olhando os mais velhos na mesa do jantar passando fotos e albuns de mão em mão, comentando, contando histórias, dando risada... e esperavam ansiosas aparecer alguma foto delas... Já no fim da noite se deram conta que isso não iria acontecer porque quando elas nasceram eu comprei uma câmera digital e parei de imprimir as fotos da família. As fotos delas estão guardadas em HDs, organizadas em ordem cronológica, renomeadas, com duas ou 3 cópias de segurança em HDs diferentes, tudo certinho, mas não tenho nenhuma cópia impressa delas. E a Alê perguntou: mãe, nós nunca vamos ter um momento como esse, né... na mesa do jantar vendo nossas fotos antigas e relembrando as histórias... Então decidi, o projeto do ano será montar fotolivros da família!

E gostei tanto desse processo que resolvi compartilhar um pouquinho aqui com vocês também:

Minha infânciaMinha infância

Esta criança gorducha e feliz da foto sou eu, com minha irmã e meu irmão mais velhos. Eu não me lembro de ter olhado no espelho e visto essa carinha um dia, nem da carinha da minha irmã (se bem que no caso dela é mais fácil porque a carinha continua a mesma!) e por isso agradeço a minha mãe por ter contratado um fotógrafo para ir na nossa casa 4 ou 5 vezes por ano fazer esses registros que hoje valem ouro para mim!

Essa foto colorida em que já estava maiorzinha é o retrato das férias perfeitas na minha infância, com tudo que eu mais amava: na praia (da nossa casa de Mongaguá), lendo historinhas e na companhia da minha cachorrinha querida Biju. Aliás, a paixão por cachorros me acompanhou a vida toda e nunca consegui viver sem um. Meu bebezão atualmente é o Boots, um Sheepdog muito carinhoso e estabanado que pensa que é um shitzu. E duas coisinhas pequeninas, a Mei e a Kitty, que são shitzus de verdade mas também não sabem disso.

Meus cachorrosMeus cachorros

Além desses amados que trato como filhos, tem os que já foram mas ficaram para sempre no meu coração! Foram muitos e não daria para falar de todos aqui, mas os São Bernardos Bobby, Pepe e Maggie que foram a conquista de um sonho de infância tanto meu como do Jaiel não podiam deixar de aparecer aqui, e a minha negrinha preta Tina, que tinha esse olhar mais doce do mundo, por quem eu fui e ainda sou apaixonada e que me ensinou exatamente o que é o amor de verdade por um animal e o quanto eu sou capaz fazer por esse amor.

Meus cachorrosMeus cachorros que já foram,,, Ainda tenho tanta coisa para mostrar e contar para vocês... Mas o post já está ficando comprido demais então vou parar por aqui e volto na semana que vem com "as cenas do próximo capítulo"...   brincadeirinha...
 

Espero que vocês estejam curtindo e que coelhinho da páscoa venha bem gorducho para vocês, cheios de alegria, felicidade e chocolates também!

Beijos e boa páscoa!

 


Comments

No comments posted.
Loading...
Subscribe
RSS
Archive
January February March (4) April (2) May (1) June July August September October November December
January February March April May June July August September October November December